Amor difícil

Rio de Janeiro RJ

Que fique bem clro: eu amo São Paulo! Essa é a cidade onde nasci, a cidade que me deu tantas boas oportunidades na vida, meu berço e provavelmente meu túmulo. Quando viajo eu sinto falta daí.

Mas enfrentar ontem o inferno de nossas avenidas durante o pior horário de rush para chegar a Congonhas (e tomar a ponte-aérea) foi uma experiência das mais desagradáveis. Toda grande cidade tem - ou deveria ter - serviços de trens e metrôs com acessos ao seus aeroportos. São Paulo não tem nada que chegue perto a isso. Até para sair da cidade você precisa se enfiar no dantesco desfile de horrores que são as nossas ruas e as avenidas em horários de pico.
São Paulo teria que ser repensada, tomar atitudes radicais. Não vai tomar. Está virando uma ratoeira de carros e ônibus disputando cada centímetro de asfalto. Viver em São Paulo continua sendo um prazer, a seu jeito. Para quem vive de cultura e informação, é um lugar privilegiado. Mas viver aqui está cada vez mais difícil.

Comentários

Pancho disse…
Não conheço são paulo não posso falar nada, mas sei que a coluna deste mês tava boa, aproveitou e deu uma publicidade pro blog tbm Boa!

Postagens mais visitadas