A diferença entre dois países

Eu tinha duas peças de teatro para registrar e garantir meus direitos autorais.

Sendo brasileiro, comecei pelo caminho tradicional: o Escritório de Direitos Autorais da Biblioteca Nacional. Repartição pública. O autor tem que 1) imprimir a obra 2) encadernar a peça impressa 3) rubricar página por página de texto 4) ir a uma agência do Banco do Brasil, pagar uma taxa de 20 reais 4) preencher um formulário exclusivo da Fundação Biblioteca Nacional em letra de forma 5) juntar o formulário, o script, o comprovante do banco do Brasil numa pasta 6) pegar um metrô 7) caminhar até a Biblioteca Nacional 8) ser informado pelo segurança da portaria que a "catiguria" dos "trabalhadores (estatais) em cultura" está em greve por tempo indeterminado 9) pegar o telefone da portaria da Biblioteca e 10) ligar de vez em quando para saber se por acaso a greve acabou.

Fui pelo outro caminho. 1) mesmo sendo brasileiro, entrei no site do Writers Guild of America, o sindicato dos escritores americanos 2) preenchi um rápido formulário online 3) anexei uma versão em PDF de cada peça 4) paguei 20 dólares cada obra e 5) mandei. O certificado do registro saiu na mesma hora para impressão.

Comentários

Rafael disse…
Não sei o porquê, mas sempre que leio uma coisa dessa me vem o trecho da música "Brasil, meu Brasil brasileiro..."

Postagens mais visitadas