Época: Overrated

O obituário de Robert Rauschenberg acabou não saindo na Época desta semana. E a coluna acabou não sendo exatamente como eu gostaria que fosse. Nesta semana eu falo de um artigo da revista Entertainment Weekly sobre pessoas e obras "overrated" na cultura pop americana. Overrated quer dizer "supervalorizadas", e o autor da matéria cita entre outros Al Pacino e a série Friends, que não mereceriam a fama que têm.

Pela própria mecânica da coluna, falei de equivalentes brasileiros. Gente da midia que me parece overrated, ou supervalorizadas. Eu preferia nem ter falado deles. Pensei em alguns casos tão escandalosos de supervalorização que me neguei a citar seus nomes. Infelizmente o mesmo mecanismo faz com que de qualquer jeito a gente tenha que citar alguns exemplos numa revista de circulação nacional. E eles ficam ainda mais supervalorizados...

Comentários

avanzito disse…
Acho que você foi tremendamente infeliz em comparar overrateds, como os atores da série Friends com Glauber Rocha, Niemeyer, Chico Buarque e Fernanda Montenegro. Profissionais reconhecidos pelo seu TRABALHO criado ao longo do tempo, mesmo estando fora dos padrões que são criados pelos formadores de opinião (como você). Chego a pensar que você nem conhece a obra dos citados, mais me parece uma reação de ciúme. Overrated mesmo me parece ser o senhor, que mesmo sem discernimento nem talento nem respeito, consegue uma coluna numa revista tão agradável como a Época.
Luiz Avanzi
belion disse…
Caro Sr. Marquezi, após ler a sua coluna na revista época de domingo (25/maio) pensei em escrever-lhe, ainda que me parece impossível que possa dar atenção a um Zé Ninguém, com tantos "overrateds" a se preocupar...fato é que me fizeste pensar sobre o assunto...e fiquei com a pergunta na cabeça: Sobra alguém fora da lista dos "overrateds", será que não poderíamos enquadrar os feitos humanos na maioria das vezes em formulas e repetições da vida, assim qualquer um poderia estar em um certo "cliche", uma certa fórmula que deu certo...A quem deveríamos justamente prestar nossas admirações ? Fiquei pensando...pensando...mas não cheguei a ninguém...podería me ajudar a refletir sobre isso ?
Abraço e parabéns pela escrita, não o estimarei pois ainda não o conheço o suficiente, e se o conhecer, possivelmente, será enquadrado em um possível padrão...no mais...segue a vida...abraço...Daniel Belion.
Olivia Colares disse…
Caro Dagomir, ao ler seu texto na revista Época, vi que não estava sozinha no mundo. Depois de ouvir muitas críticas e caras feias por não levar nomes como o de Chico Buarque a um pedestal, ler a opinião de alguém que seja parecida com a minha é um grande alívio.
Sendo assim, resolvi fazer a minha listinha com os nomes dos overrated que para mim, precisam de um pouco de realidade e de uma pequena dose de "Semancol".
Acredito que os nomnes que escolhi também irão desagradar algumas pessoas, mas fazer o que né?
Abraços, Olivia Colares
Whisper disse…
Sr. Dagomir Marquezi, ao ler sua coluna do dia 25/05 me decepcionei, afinal faço questão de ler Época toda semana, e claro, sua coluna. Porém achei um tanto quanto infeliz dizer que uma pessoa que compôs uma música como Angélica, tema do filme Zuzu Angel, e que fala da luta da empresária para descobrir onde está seu filho, morto na ditadura, como Overrated. Infelizmente, crônica é crônica e o senhor tem o direito de escrever até sobre a bolha do seu pé após usar um sapato apertado, e a revista que publique. É perceptivel seu desconhecimento, ao comparar a Pitty com Cássia Eller, mas aposto que você nunca a ouviu e muito menos tentou ler uma de suas letras, e comparar com as de Cássia... mas... Cada louco com sua loucura.
Um abraço.
Marconi disse…
Olá, gostei muito do que escreveu.Realmente o Brasi está cheio de artistas superestimados.Pricipalmente na Bahia onde moro. Aí vai minha lista:
Paulo Coelho: Maior plágio de Carlos Castaneda.

Ivete Sangalo: Burra e autêntica nas bobagens que fala !

Cordel do Fogo Encantado: Um farsante amarelo, que não sabe nada de poesia.

Los Hermanos: Intelectual esquerdóide, mas só fala de amor.

Marcelo D2: Se passava por revolucionário e agora é o cantor das playboyzadas.

Arnaldo Antunes: Largou o rock pra fazer música popular. Mas canta muito mal pra fazer voz e violão. E hoje em dia só compõe sucesso careta e ainda diz que é cabeça

Valeu pela personalidade>

Aquele Abraço de Bacurau do Prazeres

Valeu e continue

Postagens mais visitadas