A arte de Lu Gomes

(c) Lu Gomes

Estou digitalizando minha obra impressa. Está sendo uma tarefa dura e que faço ao mesmo tempo com imenso prazer. Um dos livros que estou transformando em ebook foi meu primeiro, Auika! É uma viagem complicada para mim. Eu tenho imenso orgulho do livro e ao mesmo tempo muita vergonha pelo que escrevi, lá no fim da década de 1970.

Mas como disse um crítico da época, Auika! já valeu pelo seu design gráfico. E o responsável pela arte foi meu amigo e parceiro Lu Gomes. Acima está um dos quadrinhos que o Lu desenhou (com roteiro meu) para a série "Os Porões de Patrópolis", incluida no livro.

Comentários

Marrie disse…
Fim da década de 70, vergonha do q escreveu................. huuuuum, acho melhor nem tentar adivinhar o q seria. Do jeito q tenho a mente fértil, poderia fazer mau juízo de vc!!! rs
bjs e boa semana
Jo Fevereiro disse…
Que é isso, Dagô... Maior vergonha é sustentar o que se disse apesar de reconhecer que houve um equívoco, ou uma mudança radical de opinião. Como bem disse o grande Lavoisier, "...tudo se transforma".
Jo Fevereiro disse…
Ainda tenho a Balão onde saiu essa história, Dagô. Grande parceria tua com o Lu. Rendeu até uma censura da Abril quando nós entramos naquela triagem de tiras para jornal, lembra?
Dagomir Marquezi disse…
Beijo prá você também, Marrie.
Dagomir Marquezi disse…
Jo, eu não me lembrava não dessa censura. Eu gosto muito do trabalho do Lu, mas não gosto do meu não. Abração!

Postagens mais visitadas