Share/Bookmark

quarta-feira, 23 de maio de 2012

A fila dos velhinhos


Tudo tem uma primeira vez. Ontem eu estava na fila do caixa da farmácia e o vendedor me disse: "O senhor pode ir para a preferencial". Informei a ele que não havia chegado ainda aos 60 anos. O balconista respondeu: "Aqui a gente aceita a partir dos 55".


Deprimi? Muito pelo contrário! Fui todo pimpão para a fila dos velhinhos (e grávidas, deficientes, etc). Adorei inaugurar esse pequeno privilégio. Foi um complemento para ótimo filme que assisti no último domingo, O Exótico Hotel Marigold. No filme, um grupo de idosos britânicos se hospeda num hotel caindo aos pedaços na Índia para esperar a morte. Um deles realmente parte para outra. Mas os outros todos aproveitam a experiência para se reajustar à vida e encontrar - aos 70 ou 80 anos - novas motivações. 


As pessoas estão vivendo naturalmente até os 90. Muitos morrem trabalhando e se divertindo até o último dia. Eu caminho para os 60 cada vez mais ligado, mais experiente e apaixonado pelo tempo em que vivo. É como diz o dedicado gerente do Marigold Hotel: "No final, tudo dá certo. Se não deu certo, é porque ainda não chegou ao final".

Um comentário:

clarissa toledo disse...

Muito bom o exótico hotel marigold. super recomendo!!

alias, quem quiser ver o filme, recomendo uma visita à página oficial http://goo.gl/GTn7I