Share/Bookmark

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Morto-Vivo Placar: Claudio Milar

O meu próximo perfil para a coluna Mortos Vivos da revista Placar saiu diferente. Ela fala da breve vida de Claudio Milar, o número 7 do Brasil de Pelotas, que faleceu no último dia 15 de janeiro num estúpido acidente de ônibus.  Tinha 34 anos.

O que ficou diferente é que nunca um jogador retratado por mim nessa coluna teve um final tão documentado. Milar era jogador de um time de pouco destaque nacional, mas tinha um blog próprio, e bem feito. Seu último gol e sua última entrevista (poucas horas antes de sua morte) estão no YouTube e em sites desportivos. 

Acabei dedicando mais espaço que o normal para esses últimas horas de Claudio Milar.  Mas deixei claro também o grande exemplo que foi esse jogador íntegro foi em sua curta carreira, atuando em cinco países de 3 continentes. 

Um comentário:

Marcelo Barboza disse...

Grande Dagomir. Sou torcedor Xavante e faço o blog do Milar junto com outro amigo. Ficamso muito felizes em saber que o grande Castelhano será homenageado com um texto seu. Aguardaremos com muita agonia a edição de maio. Se precisar de algo, é só entrar em contato: barboza@brasildepelotas.com